• Home page
  • >
  • Blog
  • >
  • Tenho um empréstimo consignado, posso fazer outro?

Tenho um empréstimo consignado, posso fazer outro?

Publicado:

Um dos fatores considerados na liberação de um empréstimo consignado é a margem consignável. Quando uma pessoa contrata o crédito, as parcelas de pagamento não podem ter um valor maior que esta margem, que corresponde a 30% do benefício ou salário do interessado.

Quem já tem um empréstimo consignado, mas pretende fazer outro, pode sim conseguir um novo crédito. Porém, a margem consignável será avaliada novamente e o crédito só será liberado se esta margem for respeitada.

Entenda mais sobre como você pode ter mais de um consignado ao mesmo tempo.

Como ter mais de um empréstimo consignado

Quando você quer contratar o empréstimo consignado, o banco descobre qual é a sua margem consignável e, a partir disso, aprova ou não o dinheiro para você. Para descobrir a sua margem, basta multiplicar a sua renda mensal fixa e líquida por 0,3. Assim, se você recebe R$ 2 mil todo mês, a sua margem será de R$ 600.

Na prática, isso significa que você poderá pegar um crédito e pagá-lo em parcelas de até R$ 600. Este é o valor máximo das parcelas, e não pode ser ultrapassado.

Já quando você já tem um empréstimo consignado e quer contratar mais um, a sua margem consignável ainda é considerada. Funciona assim: se as parcelas do seu primeiro empréstimo são de R$ 200, por exemplo, e a sua margem for de R$ 600, as parcelas do novo empréstimo não poderão ultrapassar R$ 400.

Desse modo, você pode ter mais de um empréstimo, desde que a sua margem permita. No caso do seu primeiro empréstimo tomar toda a sua margem, você não conseguirá pegar um novo crédito até quitar o atual.

Você ainda tem a liberdade de pedir o novo crédito em outra instituição financeira, não sendo obrigado a contratar com o mesmo banco onde já tem relacionamento. O que importa é que a margem consignável seja respeitada. Assim, é possível pegar até 6 créditos de uma vez.

Vale saber que, na verdade, a margem consignável completa não é só 30%, mas 35%. No entanto, 5% são destinados ao cartão de crédito consignado, fazendo com que, para o empréstimo, de fato, só fique os 30% restantes.

E se eu não tiver margem disponível?

Se a sua margem já está tomada, você ainda pode fazer a portabilidade de crédito. Nela, você vende a dívida atual para outro banco, que quita esse débito e te dá mais tempo para pagar o crédito, aumentando, assim, a sua margem consignável. Além desse benefício, você ainda pode escolher um banco ou financeira que tenha uma taxa de juros menor, o que permite que você pague menos nas parcelas. Entenda mais sobre a portabilidade de consignado. 

Veja também!