• Home page
  • >
  • Blog
  • >
  • Empréstimo pessoal confiável para negativado

Empréstimo pessoal confiável para negativado

Publicado:

O crédito pessoal é um empréstimo liberado com mais facilidade por bancos e financeiras. A partir de uma análise de crédito do cliente, esses locais determinam quanto poderão liberar ao interessado e o prazo de pagamento que ele terá para devolver a quantia à empresa, com taxas de juros e outros encargos cobrados. Mesmo que pareça fácil contratar um empréstimo pessoal, o dinheiro só é liberado se o banco aprovar o cadastro de quem precisa do valor.

Quando o cliente está negativado por conta de uma dívida pendente será mais difícil conseguir o empréstimo pessoal em bancos, porque, para a instituição, os riscos de não ocorrer a devolução do dinheiro emprestado serão maiores. No entanto, o crédito tem mais chances de ser liberado para quem está negativado em empresas de crédito menores. As taxas de juros da dívida serão mais caras, mas é possível contratar um crédito confiável. Confira abaixo onde conseguir um empréstimo pessoal para negativado.

Onde contratar um empréstimo pessoal confiável para negativado

O empréstimo para negativado é liberado com mais facilidade em financeiras e empresas de crédito. Como o cliente possui restrição de nome, esses locais liberam o empréstimo com taxas de juros mais elevadas, aumentando o valor que deverá ser devolvido ao banco. Em alguns locais, os juros podem duplicar o valor da dívida, prejudicando ainda mais o cliente que já está negativado.

A Crefisa é uma das empresas que oferece o empréstimo pessoal para negativado. Nela, a taxa de juros é uma das mais caras do mercado: 21,63% ao mês, segundo o Banco Central em 1º de julho de 2020. Portanto, a contratação do empréstimo na Crefisa é segura, mas pesará no bolso do cliente.

Outra forma de contratar um empréstimo pessoal confiável para negativado é recorrer aos sites que oferecem o crédito online. Nesses locais, a possibilidade de conseguir um empréstimo pessoal mais barato é maior, principalmente porque uma mesma simulação é direcionada para diferentes bancos e lojas de crédito. Na FinanZero, o empréstimo pessoal para quem está negativado tem juros a partir de 1,99% ao mês. O BomPraCrédito oferece o empréstimo com taxas mensais a partir de 1,59%, enquanto na Simplic esse custo será de, no mínimo, 15,80% ao mês.

Como fazer um empréstimo pessoal para negativado

Entre os requisitos básicos para conseguir um empréstimo pessoal confiável estão: ser maior de 18 anos, ter CPF, conta bancária e apresentar um documento de identificação. Para contratar o empréstimo de forma presencial em lojas de crédito, o interessado passará por uma análise de crédito que determinará quanto a empresa poderá liberar e o prazo de pagamento.

A contratação do empréstimo online é um pouco diferente do processo feito em bancos e financeiras: o interessado faz uma simulação online em que informa o valor do empréstimo e em quanto tempo pretende pagá-lo. O site fará uma análise de crédito inicial e, em caso de aprovação, encaminhará a proposta para empresas parceiras que poderão liberar o empréstimo. Para contratar o empréstimo, o cliente terá que encaminhar documentos e assinar o contrato de forma digital.

Vale lembrar que a liberação do empréstimo pessoal para negativado nesses locais não é certa. A contratação dependerá da aprovação da análise de crédito efetuada pela empresa que oferece o empréstimo.

Outras opções de empréstimo confiável para negativado

Refinanciamento de imóvel ou carro

Além do empréstimo pessoal, quem precisa de dinheiro, mas está negativado pode conseguir o crédito por meio de outros tipos de empréstimos. Quem tem um imóvel ou carro em seu nome pode apresentar o bem como garantia ao banco e pegar o dinheiro emprestado. Geralmente, as taxas de juros dessas modalidades de crédito têm uma média de 2% ao mês e um prazo de pagamento com mais meses, além do valor do empréstimo ser maior.

Empréstimo consignado

O empréstimo consignado também é uma boa opção. Nele, as parcelas do crédito são descontadas diretamente da folha de pagamento do salário ou do benefício do cliente, por isso, os juros são menores. O desconto da parcela do crédito não pode ultrapassar 30% do pagamento recebido durante o mês pelo cliente.

Penhor

Quem possui joias, relógios importados, pratarias e outros bens mais valiosos pode fazer o penhor de ambos e conseguir o dinheiro. O objeto apresentado será dado como garantia pelo empréstimo, que pode ser de até 85% do valor de avaliação do item. Para ter o bem de volta, o cliente terá que pagar o empréstimo de uma única vez ao banco ou casa de penhor em que apresentou o objeto, caso contrário, o objeto ficará com o local como pagamento. Lembre-se procurar um banco ou casa de penhor licenciado e seguro para penhorar o seu objeto.

Veja também!